POLÍTICA

Sem musculatura eleitoral,

Detrez é problema ou solução para o PT?

Conteúdo produzido pela Editoria de Política do VOX - 28/3/2021, às 07h41min

Instagram.jpg

O Partido dos Trabalhadores de Teófilo Otoni continua movendo as peças do seu tabuleiro. Se houver nova eleição, é preciso arranjar um nome para suceder Daniel Sucupira. Se existe uma peça com a qual o partido não poderá contar - e é o que dizem os observadores de plantão - é o vice Eder Detrez. A sua falta de musculatura eleitoral é um problema que, garantem as mesmas fontes, não se resolve facilmente.

 

Insosso eleitoralmente é a expressão mais recorrente para defini-lo. Portanto, pode até parecer uma contradição, mas há quem garanta que o PT apostaria muito mais em Fábio Lemes (que é mais identificado pelas ruas) do que no vice de Daniel Sucupira.





Também dentro do PT há um grupo que não "o engole", sobretudo para liderar uma candidatura vermelha. A sua suposta proximidade com Jarizinho (ex-Getúlio Neiva) e Aécio Neves joga água no chopp petista. Então a pergunta é: Eder Detrez é um problema ou uma solução para o PT? A maioria dos simpatizantes de Sucupira diz que é uma solução. Afinal, sem chances de ser candidato (já que as ruas não enxergam Detrez) ao PT será dada a oportunidade de buscar um nome mais alinhado com a bandeira estrelada.

Ouvida pelo VOX, gente próxima à candidatura de Daniel diz que o vice é invisível, sem-voz e, portanto, sem o cerne para enfrentar Marinho em um novo pleito. "Seria uma presa fácil", especulou um dirigente. Sem limbo político, sem musculatura eleitoral e sem um narrativa convincente, não teria qualquer chance em uma eleição plebiscitária - se ela vier a acontecer. Quem viver verá!

Banner DIA DAS MÃES VOX.jpg
Eder Detrez VOX.jpg
Publicidade TIRA GOSTO 1.jpg
Publicidade Menor CELL.jpeg
Carlos Chagas 1.png